sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Bem-vindo ;)

 

"Agora
Leva-me para longe, leva-me para onde for
Não importa onde, nem importa quando
Só peço que não demores"

terça-feira, 1 de agosto de 2017

Amo(r)


É fazer-se presente, em todas as situações. É cuidar. É ser pilar nas horas tristes. É ser alicerce nas horas confusas. É chamar "Amor". É rir das peripécias e desdramatizar os sentimentos. É adormecer e acordar com a pessoa na mente e no coração. É dizer Bom dias sorridentes e doces. É dizer Boas noites apaixonadas e saudosas. É viver com a saudade a cada instante. É desejar todos os segundos do dia. É sorrir de felicidade. É isto... e tanto mais... ;) 

segunda-feira, 24 de julho de 2017

Vida Toda



Hoje de manhã vinha para o Departamento e eis que me aparece esta música no rádio. Emocionei-me. O Amor é para a Vida Toda, personificado nas mais diversas formas e pessoas. 

quinta-feira, 20 de julho de 2017

Ele é...


... Doce, Lindo, Divertido, Inteligente, Rezingão, Quente, Companheiro, Amigo, Conselheiro, Engraçado, Teimoso, Bondoso, Leal, Trabalhador, Competente, Cavalheiro, Escrupuloso, Protector... e eu tenho a sorte de lhe chamar meu Amor. ;) 

terça-feira, 18 de julho de 2017

Coisas da Vida


Ontem, quando saí do departamento, passei por um casal de meia idade a retirar comida do caixote do lixo. Os caixotes junto das cantinas estão normalmente recheados de comida, ou outros produtos, que diariamente são descartados. O carrinho de mão que traziam denuncia uma prática recorrente. Estas situações dão-me sempre um aperto no estômago. Tentar perceber o ponto de desespero ou necessidade que leva alguém a procurar comida num caixote do lixo, diariamente. É só muito triste.

domingo, 9 de julho de 2017

sexta-feira, 7 de julho de 2017

Do Sorriso


Nada supera a existência de alguém que nos aquece e nos faz sorrir, diariamente. Sorrisos fáceis mas não simples. Sorrisos de Amor. Sorrisos de Paixão. Sorrisos de ternura. Sorrisos de emoção. Sorrisos de alegria. Sorrisos de brincadeira. Sorrisos de saudade. Sorrisos de carinho. Sorrisos de desejo. Sorrisos de paz interior. Sorrisos de conforto. Nada (te) supera. 

quarta-feira, 5 de julho de 2017

sexta-feira, 23 de junho de 2017

Dos Olhos


"É nos teus olhos que o mundo inteiro cabe,
mesmo quando as suas voltas me levam para longe de ti;
e se outras voltas me fazem ver nos teus
os meus olhos, não é porque o mundo parou, mas
porque esse breve olhar nos fez imaginar que
só nós é que o fazemos andar."

Nuno Júdice

segunda-feira, 19 de junho de 2017

Das demoras

A minha frase favorita de sempre. Hoje relembrada pelas redes sociais. É tão assustadoramente verdadeira que me embrulha as emoções. É muito isto. 

domingo, 18 de junho de 2017

Dos afectos


O choque e a dor desta tragédia faz-me emocionar muito, ou não fosse eu feita emoções. É inimaginável Viver estas vidas mas revivemos com cada uma delas cada vez que ouvimos e vemos o seu banho de desespero e dor. No meio deste negro fumo surgem raios de luz de esperança disfarçados de solidariedade. E é aqui que fazemos a diferença. É urgente os afectos, é urgente o Dar(-se), é urgente amenizar estes corações despidos de tudo. Todos temos obrigação de o fazer. Chega de passividade e alheamento perante a dor e perda humana. Todos podemos ajudar... Vamos ajudar os bombeiros e as autoridades que arriscam as vidas para salvar outras. O seu lema é "para que outros vivam"... e nós podemos ajudar! Desloquemo-nos às corporações de bombeiros, façamos as nossas contribuições: águas (sem e com gás), barras energéticas, fruta verde, cobertores, roupa, ligaduras, compressas, etc. Todos podemos fazer a diferença, todos. 

quarta-feira, 14 de junho de 2017

Dos sonhos


Sempre fui uma miúda sonhadora, desde pequena. Continuo a ser dentro da realidade que me cerca... uns dias mais outros dias menos. Sou interiormente inquieta. Olho para trás e vejo que fui construindo o meu caminho degrau a degrau, sem grandezas ou utopias. Venho de uma família humilde, muito, e sempre quis Ser maior. Não é maior do que os outros, é maior que Eu mesma. Lutei muito... contra marés e correntes contrárias. Olho para trás e sorrio... Estou a um (ou dois) passo de acabar um Doutoramento. Quero ter uma vida melhor e mais desafogada que os mais pais, e quero fornecer-lhes essa vida também para a velhice. Dos sonhos de menina... poucos restam, poucos vivem na réstia da esperança. A Vida mostra-nos que os caminhos chamam-se caminhos por alguma razão. Nunca são como queremos... mas não deixam de ser caminhos, mais ou menos acidentados. O importante é não pararmos de caminhar... e manter os sonhos bem acesos. Quando nos faltar a Fé, que o Amor prevaleça e nos dê forças. Apesar de tudo, eu continuo a acreditar (ou quero/tento) que é o Amor que nos salva e nos mantém vivos. 

terça-feira, 13 de junho de 2017

Dia de Sto. António


Ó meu rico Sto. António
Meu Santo de devoção
Tantas fogueiras saltei
Que me deste finalmente a mão

A chave única que te dei
O estrangeiro a ganhou
Abriu o meu coração
Mas que a dúvida tomou

Neste teu dia solene
Pouco mais tenho a pedir
Só que me dês uma ajudinha
Que tenho uma sorte de fugir

segunda-feira, 12 de junho de 2017

Há dias difíceis...

Baleal 2015

... e depois há o dia de hoje. Tenho saudades de um pôr-do-sol no mar, muitas.

domingo, 11 de junho de 2017

quinta-feira, 1 de junho de 2017

O Amor...


.. é o que nos salva. Digo esta frase muitas vezes e cada vez faz mais sentido. O Amor aos nossos e aos outros, o Amor ao que acreditamos, o Amor à Vida... com tudo o que tem de melhor ou "menos melhor". 

quarta-feira, 24 de maio de 2017

Barreiras


As relações humanas são difíceis de gerir, em qualquer contexto. Em qualquer relação é preciso sentir-se importante, dar importância e Ser importante. Sem estes três factores, em uníssono, as relações acabam por se esvair no tempo e no espaço. Não somos todos iguais na maneira de demonstrar importância, é certo. Mas, pelo menos podemos/devemos valorizar e demonstrar a quem nos dá importância. 

segunda-feira, 22 de maio de 2017

Há pessoas...


...que são (a minha) casa. A sensação de segurança, tranquilidade, paz e Amor quando entramos. O refúgio, o abrigo. Há pessoas que são (o meu) abrigo. 

sexta-feira, 19 de maio de 2017

Música do dia


"How would you feel, if I told you I loved you?
It's just something that I want to do
I'll be taking my time, spending my life
Falling deeper in love with you
So tell me that you love me too"

quinta-feira, 18 de maio de 2017

Dignidade


A imprensa divulgou nas redes sociais um vídeo em que um rapaz coloca as mãos dentro das calças de uma rapariga, dentro de um autocarro, na zona do Porto. Primeiro, para mim este vídeo evidencia a sociedade em que vivemos. O que interessa é curtir a vida sem laços com nada nem ninguém... Inconsciência, irresponsabilidade, frieza, falta de escrúpulos, valores efémeros. Segundo, a revolta pela passividade e divertimento dos que assistiam perante o abuso. Terceiro, a podridão dos "media" que divulgam, sem crivo algum, este tipo de vídeo com exposição mediática e desumana dos intervenientes. Para mim, este é um vídeo de excessos de álcool ou drogas de ambas as partes. Contudo, nada justifica o atentado à dignidade humana que esta rapariga sofre... pelos motivos já ditos. Como é possível isto acontecer nos dias de hoje, com toda a informação que as gerações mais novas recebem e têm acesso? Onde é que perdemos a humanidade nas emoções e sentimentos? É só muito triste e revoltante. Espero sinceramente que a devida justiça seja feita. 

quarta-feira, 17 de maio de 2017

Frase do (meu) dia


"A distância pode ser o factor de maior aproximação das pessoas"

segunda-feira, 15 de maio de 2017

Namoro


Ontem, na sessão do meu Grupo de Jovens, resolvemos abordar o tema Namoro, Amor e Violência. Queremos que cresçam na Fé mas acima de tudo que cresçam como Seres Humanos equilibrados e conscientes. Convidámos um Orador já palmejado nestas andanças. No meio de muitas questões, umas inquietantes outras divertidas, ele pergunta: Porque namoramos com alguém? Porque estamos com alguém? Para que "serve" uma relação? Uns disseram que era para estarem felizes, outros para fazerem alguém feliz. Ele insatisfeito continuou a insistir até expor o que queria. Que não devemos estar com alguém porque nos queremos completar, de todo. Uma relação envolve construção. Envolve disponibilidade e vontade de ambos, apesar de manterem a sua individualidade, de quererem construir algo em conjunto... porque sentem que vale a pena... porque se complementam, mesmo sendo diferentes. Eu costumo referir que só devemos estar perto de quem nos acrescenta. E o Amor é isto mesmo. Acrescentar algo... Em Nós, no Outro e na Vida. E se a incompatibilidade das diferenças for maior do que o sentimento? Há que respeitar o Ser de cada um mas sem esquecer o nosso Ser e Sentir. É cansativo? É! Dá trabalho? Dá! Mas é um trabalho de equipa! E algo que é a chave... o diálogo. As palavras não ditas secam na garganta e formam nós. As coisas começam a ser mais difíceis de digerir, cada vez mais. A reciprocidade e a disponibilidade de ouvir... de aceitar a diferença... do querer... do sentir. Sem isto, não há edifício que perdure... por mais Amor que exista. 

sexta-feira, 5 de maio de 2017

E agora?


A pergunta que me faço desde há algum tempo para cá... com alguma frequência. Seja na vida profissional, seja na vida pessoal. As dúvidas emergem e branqueiam-me a mente. O medo atrofia-me o raciocínio e desorienta-me os pensamentos. A bússola interior fica desgovernada. Mas com as dúvidas também emergem as certezas. Aliás, eu diria que são dependentes uma da outra. A certeza no que Sou, no que quero e no que Sinto. No que Sinto mais do que tudo... e é tão maior do que a dúvida. 

quinta-feira, 4 de maio de 2017

É Hoje


... Que começa mais uma Queima das Fitas com a linda Serenata Monumental. O palmilhar do Fado de Coimbra nos dedilhares das guitarras na Sé Velha. As lágrimas da nostalgia dos que saem desta Cidade dos Amores, os sorrisos de esperança dos que se trajam pela primeira vez, o chorar desta Cidade que o Mondego banha os pés... apelando à não partida das Capas Negras.  Coimbra Ama-se eternamente... cravada na pele, na alma e no coração. Um Amor que não morre, nunca, e perdura sempre numa Capa Negra estendida ao luar. Saudade... é tudo o que fica... Saudade. 

sábado, 29 de abril de 2017

Dos Mundos



 ... que se entrelaçam. Uns eternamente, uns fugazmente. Uns com laços fortes, uns com laços frágeis. Mundos entrelaçados por sentimentos e deslaçados por dúvidas e incompatibilidades. Mundos...

terça-feira, 25 de abril de 2017

25 de Abril



"Olha para as tuas mãos e vê
Olha para as tuas mãos e sente
E pergunta porquê
Porquê a diferença"

José Roque

A genética brindou-me, felizmente, com esta inconformação e inquietude. O Ser Revolucionária, em todos os aspectos. A injustiça social e emocional é algo que sempre mexeu comigo, continuará a mexer. É neste dia que mais me lembro de ti. Tu eras (és) este dia personificado. Abril corria-te nas veias. O Homem de palavra e das palavras. O tempo avança e sinto que Hoje, e cada vez mais, me pareço contigo... porque simplesmente eu quero Ser como tu. Sei que aí em cima deves ter distribuído cravos vermelhos a todos e cantarás com o sorriso e a doçura que tanto te caracterizava. Esta quadra escrita por ti e selada em mim é o meu lema de vida. Fazer a diferença, todos os dias, em pequenas e grandes coisas. Abril é teu, é meu... é Nosso. Que a Voz nunca nos doa. 

sexta-feira, 21 de abril de 2017

O Melhor


«Estarmos juntos não tem nada a ver com essa ideia de parecer uma lua de mel. Tem a ver com as pessoas reais que somos. Quero acordar ao teu lado de manhã, quero passar as noites a olhar para ti do outro lado da mesa de jantar. Quero partilhar contigo todos os pormenores mais mundanos do meu dia e ouvir cada detalhe do teu. Quero rir-me contigo e adormecer contigo nos meus braços. Porque não és apenas a pessoa que amo. És a minha melhor amiga, trazes ao de cima o melhor que há em mim e não consigo imaginar desistir disso. (...) Podes não perceber, mas dei-te o melhor de mim, e nunca mais nada voltou a ser igual quando partiste. (...) Sei que estás com medo, eu também estou. Mas, se desistirmos disto, se fingirmos que nada disto aconteceu, então não sei se voltaremos a ter outra oportunidade.»

"Dei-te o melhor de mim" por Nicholas Sparks

quarta-feira, 19 de abril de 2017

SNS


O nosso sistema nacional de saúde é simplesmente INTRAGÁVEL! São incompreensíveis certas situações!

sábado, 15 de abril de 2017

Páscoa


Em épocas turbulentas e vazias... É bom ter presente o verdadeiro sentido da Páscoa, independentemente da religião. Páscoa é Amor. Amor que envolve dor, sacrifício e esperança. E não é este o melhor sentido de todos, acreditando Nele ou não? :) Uma Santa Páscoa a todos! Que o Amor esteja sempre presente em vós. 

quinta-feira, 13 de abril de 2017

Eu sei que...


... estou rodeada de gente doida quando me perguntam pela manhã como alugar uma BETONEIRA para fazer caipirinhas. O.o 

P.S. E pior ainda quando pesquiso no google e existe!!! XD

quarta-feira, 12 de abril de 2017

Mania#2


Adoro dançar, já o disse aqui muitas vezes. Tenho uma mania incontrolável de dançar quando entro numa loja e está a dar uma música que gosto. É que é inconsciente... O que por vezes é constrangedor quando noto as pessoas a olhar fixamente. ahahah  

Os meus olhos


"Se eu pudesse dar-te algo, daria a capacidade de te veres a ti mesmo através dos meus olhos, para que então tu percebas o quanto és especial para mim"
Frida Kahlo

Porque os meus olhos vêem muito além do visível e do palpável. Porque os meus olhos vêem de dentro, do coração. :) 

terça-feira, 11 de abril de 2017

Coisas que me definem


O Ser inquieta. O que muitas vezes é bom e impulsiona, muitas vezes me faz afogar e voar em dúvidas e medos. A incerteza inquieta-me, consome-me. Sinto mares dentro de mim. Mas como em tudo na vida, aprende-se a domar este sentimento.... Ou tenta-se pelo menos, uns dias melhor que os outros. 


sexta-feira, 7 de abril de 2017

Das sortes


Espero que um dia isto dê uma história muito engraçada... Porque de momento não acho piada nenhuma! Mas nenhuma mesmo! -.-

Pensamento do dia


terça-feira, 4 de abril de 2017

Expressões


"Isto às vezes é tremendo porque a gente quer exprimir sentimentos em relação a pessoas e as palavras são gastas e poucas. E depois aquilo que a gente sente é tão mais forte que as palavras..."

António Lobo Antunes

sábado, 1 de abril de 2017

Dez


Cada vez observamos mais casais infelizes e com falta de capacidade para ultrapassar as crises normais de uma relação.  Muitas vezes não há Amor, muitas vezes não há Paixão, muitas vezes não há motivação... Hoje, a passear pelo Facebook, li qualquer coisa como "Segredos de uma relação duradoura". Para além do factor principal que é haver Amor, podem-se resumir a 10 palavrinhas "simples": Companheirismo, Liberdade, Auto-estima, Respeito, Diálogo, Mudança, Surpresa, Elogio, Toque, e Intimidade. Parece tão simples... Então porque complicamos? :)

sexta-feira, 31 de março de 2017

PAJÉ



No final de Janeiro, na Alfândega do Porto realizou-se um evento internacional sobre crianças e adolescentes, provavelmente o maior que aconteceu em Portugal - ICCA 2017. A Plataforma PAJE esteve presente e foi-nos agora formalmente comunicado que vencemos o 1º Prémio, para o melhor projeto! Que grande orgulho neste projecto e em todo o esforço depositado nele! Um Parabéns especial a ti JPG! És Pai desde projecto e de todos aqueles que ele ajuda! :) 


quarta-feira, 29 de março de 2017

Palavras


Eu sou feita de palavras. Todas... Ditas e não ditas. Principalmente as não ditas. As piores. As que consomem e se alimentam de medos e inseguranças. As que nos fazem vacilar. As que nos fazem duvidar de caminhos e sentimentos. Palavras escritas, pela inspiração do sentimento. Palavras sentidas, pelo brotar das emoções e da intensidade. Palavras desenhadas, pelo emaranhar dos sentidos. Palavras desfeitas, pelo desalento da caminhada. Palavras contidas, pelo medo do efeito. Palavras floridas, pelo desabrochar dos sentimentos. Palavras doces, pelo sabor da Vida. Palavras duras, pela revolta da incerteza e injustiça. Palavras atitude, pela necessidade do que(m) nos move. Palavras âncora, pelo abraçar e ser porto de abrigo. Palavras viagem, por levar muito de mim para onde "vou". Palavras... 

segunda-feira, 27 de março de 2017

Essência


"O essencial é invisível aos olhos. Quem ama vê além da aparência física e é isto que ama: a essência."

Antoine de Saint-Exupéry

Pior...


... que ser segunda feira é: Ser segunda feira e aturar gente parva pela manhã!

sábado, 25 de março de 2017

Oh My Dog


Eu adoro animais. Adoro mesmo. Tenho dois gatos "filhos" e mais quatro cães e uma gata "adoptivos". Estes meus animais são hiper espertos. Seja gatos ou cães... estão à minha espera na estrada quando venho ainda a cerca de 200 m de casa. São uns fofinhos. Contudo, também têm os seus problemazinhos. Ontem, a minha mãe chegou a casa e andava uma peça de roupa na boca de um dos cães. E ele andava no meio da estrada todo contente com aquilo na boca. Ao início pensou ser uma peúga... Mas quando chegou perto, viu que era... AS MINHAS CUECAS! AHAHAH Só a mim! 

sexta-feira, 24 de março de 2017

Do Amor


"O amor não começa quando se quer, nem acaba quando se deseja. O amor é forte, destemido, indomável. Senão fosses tu, seria outro, dizem-se os amantes, eu quero viver na tua vida. Os amantes adivinham-se sem palavras, olham-se nos olhos à procura, fecham-se em quartos pequeninos. Perdem-se um no outro, agarram-se com toda a força dos dedos e dos braços, beijam-se sobre fundos abismos. O amor sempre mete muito medo. O medo de vir a faltar depois de tudo ter prometido. Vai, mas não apanhes nenhum frio, e depois volta. Os amantes regressam quando a luz é pouca a um supremo egoísmo. Eu e tu e mais ninguém. O mundo pode desabar, o mar mudar de cor, a lua cair de repente. Só importa o brilho dos teus olhos e o sangue a bater nas tuas veias. Fica quieto, não faças nada. Ama-me mais, de dia e de noite. O mundo não precisa de saber de nada disto."

Pedro Paixão

quarta-feira, 22 de março de 2017

Gestos


Tenho a felicidade de ter grandes amigas na minha Vida. Foi um fim de semana difícil para a minha R. O pai, base da sua Vida, faleceu há pouco tempo e foi o primeiro dia do Pai sem ele... fisicamente presente. Os abraços e beijos consolam, algumas palavras também... Mas, nada tapa a dor da perda. Ontem tínhamos reunião e a minha mãe fez arroz doce. A minha mãe faz um arroz doce maravilhoso, o melhor do Mundo. A R. adora. Então, levei-lhe uma taça, por entre sorrisos e brincadeiras, na esperança de adoçar a alma e o coração dolorido. Mandou-me mensagem agora a agradecer e a dizer que tinha sido muito importante para ela. Às vezes, não são precisas grandes atitudes ou palavras ensaiadas para abraçarmos alguém que precisa de nós, por fora e por dentro... Ou para aconchegar as suas dores, fazeres-te presente. Bastam gestos pequenos e sentidos, palavras (não) ditas no meio de uma taça de arroz doce. 

Dos dias


"A paisagem dos dias tem pouco que ver com as estações do ano. Mas talvez tenha muito da paisagem que decidimos ser a cada dia que passa. Falar dos dias feios é lembrar que as feridas ardem sempre muito antes de darem lugar ao tempo da cura. Falar dos dias feios traz de volta o que doeu, o que não conseguimos, o que não foi nosso, o que não rimou com o nosso coração. Ninguém gosta de dias feios porque nos parece que a alegria vem sempre de mãos dadas com a luz do sol e do céu muito azul. No entanto, são os dias feios que nos preparam para merecer as alegrias que o futuro há-de trazer. São esses dias magros de beleza que nos ensinam a sorrir às coisas pequenas e simples. Por sabermos que, num dia mais feio, podemos muito bem perder-lhes o rasto. São os dias tortos que nos endireitam o coração. São os dias feios que nos fazem pensar e agradecer. Não nos deixemos convencer que os dias escuros duram mais que os outros. Ainda que nos sigam e se sigam uns aos outros. Cabem muitos dias bonitos em cada dia que nos nasce feio. É uma questão de perspectiva. A vida pode ser feia durante tempos sem fim mas é tão bonita, não é?!"

Marta Arrais in iMissio

segunda-feira, 20 de março de 2017

Das fofices


"Melman: Listen Mototo, you'd better treat this lady like a queen. Because you, you my friend... have found the perfect woman. If I was ever so lucky to find the perfect woman, I would give her flowers every day. And not just any flowers, okay? Her favorites are orchids. White. And I would bring her breakfast every day. Six loaves of wheat bread with butter on both sides. No crusts. Just the way she likes it. I'd be her shoulder to cry on and her best friend. And I'd spend every day thinking of ways to make her laugh. She has the most... amazing laugh. That's what I would do, if I were you." 

In Madagáscar 2

sexta-feira, 17 de março de 2017

Inveja


Dos meus gatos. Em tempos tranquilos, comem e dormem. Recebem mimos quando pedem e querem. Em tempos conturbados, não comem (porque nem sentem necessidade)... andam desvairados uns atrás dos outros (procriação ao rubro) e ainda voltam magrinhos. É... É inveja mesmo. :P 

quinta-feira, 16 de março de 2017

O meu "pupilo"


... (Ou Escravo como gosto de lhe chamar XD) é nada mais nem menos que a Dóris do Nemo. Digo-lhe uma coisa agora e passado um segundo já não se lembra ou baralhou tudo! Isto não seria grave se não estudasse/trabalhasse num laboratório cheio de reagentes e processos químicos perigosos. Socorrroo!

terça-feira, 14 de março de 2017

Uma pessoa...


... tem de aturar cada alminha mais vazia e com mau íntimo, que chega a ser surreal. Mexam com os meus e mexem comigo... E depois, aguentem-me.