quinta-feira, 7 de maio de 2015

Coimbra do meu coração...


"Ó Coimbra do Mondego
E dos amores que eu lá tive
Quem te não viu anda cego
Quem te não amar não vive

Quem te não viu anda cego
Quem te não amar não vive

Do choupal até à lapa
Foi Coimbra os meus amores
A sombra da minha capa
Deu no chão, abriu em flores."

... renasce hoje em mais uma Queima das Fitas! Saudades do que foi, É e será... a minha Coimbra! :,)

2 comentários:

  1. Já estou em "modo Queima".

    Há coisas que não mudam...

    Beijinho

    ResponderEliminar
  2. E dois! :D Nunca mudaram... Beijinho grande

    ResponderEliminar